segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Conto: Antes do regresso...!:).....enviado

Antes do regresso...(Baseado em fatos Reais)


Tudo começara com uma ou outra frase de desafio quer nos dias antes da ida de férias que juntou Lisa, vinda de um divórcio recente e amiga da minha mulher Nádia. Esta foi a única vez que fui com duas mulheres de férias, mas sendo casado com uma delas... o que me vale é que a Lisa não faz bem o meu género. E por vezes as suas conversas de recém-divorciada também não eram apreciadas por mim...Mas não deixava a Lisa de se arranjar bem, por vezes com saias bem curtas, e sendo honesto, não ficava indiferente aos seus biquinis ou aos seus sapatos chiques de Verão. Claro que para mim era um sortudo e havia quem pela cara ficava com dúvidas de qual a minha história com duas mulheres bonitas. E na verdade, Nádia arranjava-se sabendo que ia ter sempre uma outra mulher bem próxima e ainda bem que ela sabe como marcar posição.

Mas fui também dizendo coisas em brincadeira e provocando a Nádia dizendo que a Lisa estava em forma. E uma vez disse de propósito em frente da Lisa e da Nádia que sim, achava que ela estava em boa forma. Ela sorria e dizia que se tinha de cuidar, que estava a fazer abdominais (rotina que a minha mulher não gostava, ficando assim de sorriso amarelo). Ou seja, para um fulano como eu, era bem fácil imaginar quanto excitante seria uma briga amigável entre elas. E que estas férias seriam o momento ideal de introduzir o tema.


Mas na hora em que queria avançar com o desafio, ficava com dúvidas de como seria a reacção... e as noites foram passando... até que no último dia, regressámos de um bar onde ficámos até mais tarde a falar, dançar e rir. Estava mais alegre, mas elas tinham bebido mais (jogada de mestre) e no regresso todos entrámos no quarto do casal.

Continuámos a rir e falar, e lembro-me que até comecei a arrumar roupas na mala. Elas estavam deitadas na cama e perdendo a vergonha perguntei: E que tal vermos qual das duas tem mais força? E gravei a imagem da Lisa deitada com os braços atrás da cabeça tinha um ano de diferença da minha mulher, mais velha e com as férias ficara bem bronzeada. As pernas salientavam-se no seu vestidinho curto.

- Não sei se a tua mulher está pronta para perder. Olha que eu ganho.

A Nádia não esperava a resposta pronta da Lisa. E sentou-se na cama, também com vestidinho curto, dizendo "Louca...Vamos ver quem ganha".

Eu nem queria acreditar e senti-me imediatamente teso com tudo aquilo. E lá dizia "não vale bater, nem puxar cabelos". Elas riam-se e falavam enquanto se preparavam: "olha o que o teu marido foi fazer" "vai ser melhor tirar os sapatos".

"Ganha a que tiver a outra deitada de costas na cama 10 segundos" dizia tentando encontrar uma fórmula que desse em luta renhida. Elas eram de constituição física similar, mas a Lisa ligeiramente mais alta e com os ombros melhor definidos. Mas sabia que a Nádia tinha um ou outro truque para mostrar, e no fundo ela sabia que tinha de ganhar à amiga... por outras palavras, ela não podia perder aquela luta com a amiga... à minha frente!

E lá começaram, recordo bem que começou devagar....ambas de pé, junto à cama. Jogavam mãos e braços tentando agarrar-se da forma possível. Reparei que os pés de ambas estavam no chão sem qualquer tentativa de rasteirar a outra. Riam no processo, no fundo não levavam a sério, mas eis que Lisa e Nádia caem na cama e aí o ritmo subiu e penso que foi a Nádia a primeira a conseguir marcar um ponto, pois a Lisa não fez grande oposição, dadas as gargalhadas com que ria da situação.

Isso por um lado tirava a agressividade da luta que podia ficar demasiado amigável. E na verdade foi quase sempre assim.

Mas houve bons momentos e foram esses que vou contar: uma situação em que de pé, a Nádia tentou prender a perna da Lisa, mas a Lisa deu-lhe a volta e caiu na cama, para alegria sua que deu um guinchinho de alegria que me deu algum tesão. Nesse momento, a minha mulher olhou para mim parecendo pressentir esse meu sentimento.

Noutro momento um movimento lento da Nádia que também me deu tesão: a Lisa conseguiu por a Nádia de costas na cama, continuando em pé na borda e inclinada para cima da minha mulher. A Nádia colocou os pés na zona da barriga e com as mãos puxou os braços da Lisa que foi erguida no ar e a Nádia conseguiu pô-la no lado e rapidamente partiu para cima fazendo aí ponto.

E assim a luta decorreu penso que no máximo 10 minutos. O ritmo foi lento, mas com estes momentos tornou-se fantástico. Era excitante quando depois de um "round" elas olhavam para mim...

No final elas ficaram mais cansadas... e declarei a Nádia vencedora ;) A Lisa protestou, mas mesmo que tivesse razão (honestamente seria um empate), tinha que premiar a Nádia, para que ela dissesse que na sua primeira luta saiu ganhadora!

3 comentários :

  1. google tradutor não rola jovem...vira conto de merda!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi enviado....se quiser escrever fique a vontade

      Excluir
    2. nesse caso dou como sugestão conto: Andressa Urach x carine Felizardo campeã e vice do miss bumbum 2012

      Excluir